18 de abril, 2019

Agente da Transformação Social e Difusor do Conhecimento Científico

Como a carne vermelha e o câncer estão relacionados

Como a carne vermelha e o câncer estão relacionados

No Brasil é comum acompanhar uma celebração com churrasco variado, desde picanha até embutidos. São vistos diversos pratos em que a atração principal é a carne, especificamente do tipo vermelha. Mas você alguma vez parou para pensar que tal vez a ingestão desses alimentos pode causar doenças? Segundo a Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (IARC), a carne vermelha, encontrada em qualquer carne de boi e suínos, tem potencial de aumentar o risco de formar câncer nas pessoas, especialmente no intestino e no reto.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) divulgou os resultados de uma pesquisa que analisou 800 estudos científicos (metanálises). “A partir dos resultados pode-se concluir que a carne vermelha, principalmente as processadas, deveriam ser incluídas no grupo 1 de agentes carcinogênicos dentro das classificações da IARC, categoria em que também pode ser encontrado o tabaco”, explica o Dr. Sidney Gonçalves, médico proctologista do Instituto Digestivo, clínica de gastroenterologia no Rio de Janeiro.

Os efeitos prejudiciais desse tipo de carne não são uma novidade na sociedade, já que cada vez mais as pessoas estão se preocupando pela qualidade dos alimentos, logo, muitos estudos estão sendo feitos para descobrir formas de melhorar a qualidade de vida mediante uma boa alimentação.

É preciso parar o consumo de carne vermelha?

Não, a probabilidade de que algum tumor seja desenvolvido no cólon ou reto só se apresenta quando o consumo de carne vermelha é frequente. A recomendação do Dr. Sidney é diminuir a regularidade da ingestão e tomar cuidado ao preparar antes de cozinhar – isso influencia no acúmulo de agentes carcinogênicos. Se a sua preocupação é falta de nutrientes ao reduzir o consumo da carne, veja a seguir algumas alternativas que servem como substitutos e que oferecem os mesmos benefícios:

  • arroz integral – rico em fibras e proteínas;
  • ovo – contém vitaminas, minerais e proteínas;
  • soja – ótima fonte de proteínas e aminoácidos;
  • frango – opção mais saudável à carne com nutrientes similares;
  • feijão – tem muitas vantagens, entre elas uma quantidade calórica reduzida e excelente fonte de proteínas.

Sempre consulte seu médico no Instituto Digestivo, clínica de gastroenterologia no Rio de Janeiro, para conhecer mais sobre como alterar sua dieta, manter-se saudável e prevenir o câncer.

CC BY 4.0 Como a carne vermelha e o câncer estão relacionados by Andrielle Bressane is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Andrielle Bressane

Jornalista engajada na área digital com especialidade em marketing de conteúdo. Amo escrever sobre tudo...

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Este site possui segurança certificada SiteLock

SiteLock