21 de abril, 2019

Agente da Transformação Social e Difusor do Conhecimento Científico

Cervejas mineiras premiadas

wals-dubbel

A cervejaria Wäls tomou conta das primeiras posições no último World Beer Cup. O evento é a mais importante competição de cervejas do mundo. As premiadas foram as cervejas do tipo Bubbel e Quadruppel.

É a primeira vez que uma cervejaria brasileira, mais especificamente, mineira, consegue tamanha aceitação em um evento estrangeiro. As Wäls concorreram com mais 34 tipos de cervejas diferentes.

O resultado é animador. A última vez que uma cerveja brasileira havia sido premiada no campeonato bi anual, foi em 2008, com a cerveja Eisenbahn Dunkel, em terceiro lugar.

Segundo o Chef Fabio Almeida, sócio fundador do A Propósito Food Service, restaurante na Tijuca, zona norte do Rio de Janeiro, o premio foi importante para alavancar suas vendas. “Quem não quer tomar uma cerveja campeã? Já orientei os garçons a sempre oferece-la para os clientes, que em sua maioria, tem adorado”.

Daisy Soares é amante de cervejas especiais, mas ainda não provou as campeãs. “Já tomei algumas cervejas da Wäls. Mas quero degustar as campeãs”.

Expansão do mercado interno de cervejas especiais

O primeiro lugar da Wäls Bubbel e Quadruppel no concurso reflete uma realidade. O mercado de cervejas especiais está em franca expansão. Segundo o empresário Miguel Carneiro, fundador da cervejaria Wäls, prêmios como esse agregam muito a marca. “Uma premiação dessas significa mais exportação para a gente. As cervejas que foram premiadas chegam a outros países já com divulgação.”

O mercado de cervejas especiais no Brasil cresce cerca de 15% ao ano. O brasileiro é considerado um grande consumidor de cerveja. Basta apenas oferecer-lhes qualidade e diversidade.

CC BY 4.0 Cervejas mineiras premiadas by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Este site possui segurança certificada SiteLock

SiteLock