21 de abril, 2019

Agente da Transformação Social e Difusor do Conhecimento Científico

Como é feita cirurgia de vasectomia?

Vasectomia

A vasectomia é um procedimento cirúrgico muito simples, que tem como objetivo tornar o homem estéril e deve ser feito por cirurgiões gerais ou urologistas. É um dos métodos contraceptivos mais eficientes e na grande maioria dos casos, irreversível. Por isso mesmo deve ser uma decisão muito bem pensada entre o casal.

Existem algumas exigências determinadas por lei para que o homem possa fazer a vasectomia. A legislação sobre o assunto foi estabelecida em 1996, por meio da Lei 9.263, que está contida no artigo 226 da Constituição Federal, que trata do planejamento familiar, estabelecendo penalidades para quem descumprir as normas. Para estar apto a fazer a cirurgia, é necessário que o homem tenha pelo menos 25 anos de idade, dois filhos vivos e a manifestação da vontade em documento escrito e firmado. Clinicamente, indica-se a vasectomia para homens férteis a partir dos 30 anos de idade.

Vasectomia é uma cirurgia de rápida recuperação

Apesar de ser uma cirurgia simples requer alguns cuidados no pré-operatório, como exames e avaliação cardiológica. No dia da cirurgia, o paciente deverá estar em jejum no período de 8 horas. Siga todas as orientações do seu médico para que você a recuperação ocorra no tempo adequado sem maiores problemas.

A cirurgia de vasectomia pode ser realizada em um consultório médico, sob anestesia local. Por meio da incisão na pele do saco escrotal, é identificado o canal deferente, e nesse canal é feita a ligadura ou corte dos canais, que têm suas pontas amarradas. Todo o procedimento não dura mais do que 30 minutos.

A pele é fechada com alguns poucos pontos de fios. Após a operação, recomenda-se evitar relações sexuais por uma semana. Após 60 dias é realizado um exame do líquido seminal, para averiguar a eficácia do procedimento.

Jornalismo Colaborativo conversou com o cirurgião Eduardo Gutierrez, da Axiste, empresa de materiais cirúrgicos no Rio de Janeiro, que orienta “é muito importante que o procedimento seja feito por um especialista em urologia ou clínico geral de confiança e aponta ainda que no pós-operatório é necessário a administração de remédios para inflamação e repouso de 48 horas. Outra dica importante é aplicar compressas de gelo na região da cirurgia”.

O médico Paulo Salustiano, urologista em Ipanema, Rio de Janeiro, acrescenta “sem dúvida é o método contraceptivo mais indicado, não apenas pela rapidez na cirurgia e recuperação, mas também porque em relação à laqueadura é bem menos traumático”.

Muitos homens têm medo de que a cirurgia diminua o tamanho do pênis ou atrapalhe o desempenho sexual. São mitos que muitas vezes impedem que as pessoas procurem pelo procedimento. O melhor caminho é sempre consultar um bom especialista.

CC BY 4.0 Como é feita cirurgia de vasectomia? by Andrielle Bressane is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Andrielle Bressane

Jornalista engajada na área digital com especialidade em marketing de conteúdo. Amo escrever sobre tudo...

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Este site possui segurança certificada SiteLock

SiteLock