20 de Fevereiro, 2018


[ Crônica De Uma Vida Desregrada Em Paris ] …

Fruto de uma ficção baseada em fatos quase reais

Saint – Sauveur – Paris – França 14:36, de uma tarde nublada de domingo próximo a Place de La Nation, sem pretensão uma rápida e vaga espiada pela janela do quarto vejo as cercanias da cidade (que enfumaça o horizonte), mostra um visão não muito inspiradora.

Um vai e vem desenfreado de transeuntes cumprindo seus respectivos papéis de cidadães normais, em um dia meio que bucólico.

Uma respirada funda e o retorno ao cotidiano insosso a frente de seu computador com uma xícara de café que transborda, companhias reconfortantes e amigas nas horas de solidão.

Como se fosse um tiro, vem um disparate de euforia com um mix de vontade incontrolável de sair, ver de perto aquilo que observava a distância pela janela , a rua.

 

Mero subterfúgio para sair da realidade, um punhado de dinheiro o bastante para saciar a vontade desconhecida, vagando por Saint- Sauveur decide entre as casinholas do bairro, fazer aquela social básica e despretensiosa com algumas garrafas de vinho vagabundo e barato, ao sair sem ter a certeza do que irá fazer vem uma repentina decisão e pronto, o mostro hibernado ressurge.

Sem pestanejar com o dedo indicador chama sua carruagem rumo ao umbral. O taxista parece saber o que irá ocorrer e segue rumo ao inferno da desilusão, ao chegar ao ponto de morte da sua dignidade a euforia se apossa do momento e um torpor irreconhecível tem inicio , já entregue e totalmente entorpecido o tempo passa, na verdade voa.

 

Três dias depois o retorno do reino dos mortos vivos, a depressão moral é incontrolável e um único e verdadeiro desejo, a morte.

A cama parece seu leito fúnebre, o teto do quarto o céu ou inferno se for a preferência.

Alguns dias de recuperação e a vida retorna ao seu estado normal, e a pergunta que fica em sua mente é … Até quando ???

CC BY 4.0 [ Crônica De Uma Vida Desregrada Em Paris ] … by Edmundo Paschoal Paschoal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Edmundo Paschoal Paschoal

Jornalista & Cronista. Apaixonado pela arte da comunicação, crítico e analítico por natureza.

OUTRAS PUBLICAÇÕES