18 de outubro, 2017


Furo de Reportagem e Denúncia Pública

Os moradores da zona norte de São José dos Campos estão descontentes com o modo que um terreno vazio da Vila Rossi (na Rua Miguel Eras) vem sendo utilizado. O espaço é de propriedade da Prefeitura. A área, que tem uma extensão de aproximadamente 500m2, era cotada para se tornar um Centro Poliesportivo. Mas denúncias recentes de moradores da região afirmam que a área se transformou num estacionamento para veículos. Em frente ao local, pode-se encontrar ainda o 1º Batalhão da Polícia Militar.

Segundo dados da planta do terreno, em 1989 a Prefeitura de São José permitiu que o local fosse aproveitado pela Liga de Futebol da cidade. O projeto, porém, não evoluiu. De acordo com a Lei Federal nº 12.424, áreas que não possuam projetos por mais de cinco anos tornam-se públicas e devem fornecer estrutura e serviços para a população, como é feito com as 12 academias ao ar livre, 8 UBS e 4 creches construídas na região Norte.

O representante da Associação do Bairro foi procurado pela nossa equipe, mas preferiu não se pronunciar.

Desdobramentos

Transcrição da reportagem “Vereador busca emenda para quadra esportiva” exibida pela TV Câmara de SJC e publicada no canal oficial do Youtube em 10 de março de 2015.

REPÓRTER (Gisele Lopes) – “Sem área de lazer no bairro, os moradores da Vila Rossi, Zona Norte da cidade reivindicam  a construção de uma quadra. Por anos o bairro manteve um espaço de lazer que contava com o campo de futebol e uma quadra que foram retirados para a construção da Via Norte. A proposta é que uma nova área de lazer seja construída entre as ruas José Maria Monteiro e Miguel Eras. Atualmente o terreno vem sendo utilizado como estacionamento para caminhões”.

MORADORA (Neuza Rosa Monteiro) – “A gente se sentiu excluída né? Porque era um ambiente que, por mais simples que fosse a gente sempre tinha os jovens e as crianças todos brincavam aqui, né”

PRESIDENTE DO TIME DE FUTEBOL DO BAIRRO (Rogério Beltran da Cruz) – “Tinha um campo aqui, entendeu? a gente mandava nossos jovens aqui. Hoje é difícil pra gente conseguir. Aqui era tudo mais fácil para nós, aqui da vila Rossi, entendeu? E a quadra aqui a nossa molecada treinava e jogava todo dia à tarde. Hoje não temos mais quadra.”

REPÓRTER (Gisele Lopes) – “Classificado como área de recuperação ambiental, o espaço de lazer poderá receber apenas obras de pequeno impacto. O projeto prevê a construção de uma quadra de grama e uma área verde para a comunidade. Na tentativa de viabilizar o projeto, o vereador Willis foi buscar recursos no Distrito Federal. O parlamentar acompanhou a comitiva de vereadores até Brasília.

VEREADOR (Willis Goulart) – “Esta quadra aqui em São José, ela custa cerca de cento e vinte mil reais, por volta disso. Só que em Brasília, o mínimo para se gastar numa quadra é duzentos e cinquenta mil. Então por isso que houve essa diferença. Nós fomos buscar cento e vinte e conseguimos lá com Deputado Eduardo Cury, uma a parte de uma Emenda que vai  ser destinada para a construção dessa quadra de duzentos e cinquenta mil reais.”

REPÓRTER (Gisele Lopes) – Segundo o vereador Willis, a previsão é de que a Emenda seja liberada nos próximos três meses e assim que o valor chegar em São José dos Campos, as obras terão início.

Nesta mesma reportagem, declarou-se que há uma proposta de que uma nova área de lazer será construída entre as ruas José Maria Monteiro e Miguel Eras. Na locução, a repórter da TV Câmara de São José dos Campos, Gisele Lopes, explica que atualmente o terreno, classificado como área de recuperação ambiental, tem sido utilizado como estacionamento de caminhões e ainda reforça que “o projeto prevê a construção de uma quadra de grama e uma área verde para a comunidade.” Na sequência, são entrevistados moradores e imagens do vereador com outros políticos sobrepõem à locução “o vereador Willis foi buscar recursos no Distrito Federal. O parlamentar acompanhou a comitiva de vereadores até Brasília.” Finalmente, com a câmera fechada, detalhando o rosto do vereador, exibiu-se a fala do mesmo, conforme transcreve-se a seguir: “Conseguimos com o Deputado Eduardo Cury, uma parte da emenda que vai ser destinada para construção dessa quadra de R$ 250.000,00.”

Apesar da reportagem terminar informando que “segundo o vereador Willis, a previsão é que a emenda seja liberada nos próximos três meses”, desde março de 2015, ou seja, sete meses depois da exibição, nenhuma obra teve início no local.

Em contraponto com o resultado da reportagem inicial, “Estacionados no Tempo”, depois que a matéria exibida pela TV Câmara de São José dos Campos, verificou-se novamente o retorno de ônibus e caminhões estacionados irregularmente, bem como o acúmulo de entulhos, crescimento do mato e abandono das mudas plantadas no início do ano.

Documentos Oficiais que comprovam irregularidade já foram assinados pelas autoridades:

CC BY 4.0 Furo de Reportagem e Denúncia Pública by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES