17 de agosto, 2017


Insegurança nas ruas ameaça carnaval no Espírito Santo

Insegurança nas ruas ameaça carnaval no Espírito Santo


Foto: Deidson Ribeiro
Piúma, uma das praias mais tranquilas do Espírito Santo sofre com a falta de segurança. Foto: Deidson Ribeiro

Conhecida como “Cidade das Conchas”, Piúma é também uma das praias com o melhor Carnaval do Espírito Santo. Desde o último sábado, a poucos dias do principal feriado que movimenta e aquece o setor de turismo da cidade, a violência nas ruas deixa moradores preocupados que sofrem com a falta de segurança pública.

Segundo o Governador em exercício do Espírito Santo, César Colnago, a greve iniciada pelas famílias dos policiais militares que reivindicam melhores condições de trabalho e reajuste salarial para a categoria, deixou o capixaba em uma situação de “cárcere privado” porque sem policiamento pessoas de bem permanecem no confinamento de suas próprias casas, impedidas de ir e vir, tamanho o caos em todo o estado.

Embora emissoras de TV e outros grandes veículos de comunicação tenham dado “ênfase” nos vídeos captados a partir dos celulares da população da região metropolitana, outros municípios sangram à espera de uma resolução política dessa crise.

Com muitos estabelecimentos comerciais fechados e privada de sua liberdade, a artesã Lecy de Paula que trabalha com mosaicos há mais de 10 anos na cidade, conta que nunca sentiu essa insegurança em toda a sua vida. “Estamos trancados dentro de casa. Alguns poucos corajosos estão indo ao trabalho. Os criminosos saem durante a noite atirando para o alto. Agora mesmo, no Centro da cidade uma caminhonete cinza passou cantando pneu e aos gritos, bandidos mandaram todos os comerciantes fecharem se não vão mandar bala”.

A Polícia Civil está tendo muito trabalho. De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo (Sindipol), foram registrados mais de 90 homicídios nos últimos cinco dias. Guardas municipais e homens do exército que chegaram ontem em Vitória, também iniciaram operações para estabelecer a lei e a ordem nas cidades do interior, incluindo o balneário de Piúma.

Em nota, o sindicato dos policiais civis se solidarizou com os militares e alertou filiados a como procederem durante a paralisação do policiamento no Estado. “Diante do justo, legítimo e necessário movimento realizado pelos familiares dos policiais militares do Estado do Espírito Santo, que provocou o aquartelamento, o Sindipol-ES alerta os policiais civis e toda sociedade que a estrutura da segurança pública do Estado está comprometida. Por isso, o Sindicato pede que os policiais civis não arrisquem suas vidas e aceitem desvios de função”.

O texto diz ainda que o sindicato “entende que os policiais civis que desempenham suas atribuições de polícia judiciária e nas ruas também dependem dos profissionais da coirmã Policia Militar para realizar um trabalho digno e com segurança para si e para a sociedade. Desta maneira, alertamos para que os policiais civis não coloquem suas vidas em risco”. O comunicado termina com a frase “lembrem-se: segurança nunca é demais”.

Apesar de incomum, população tem aprovado com aplausos a atuação das Forças Armadas e da Força Nacional que foram convocadas pelo governo para combater essa série de assaltos, arrastões, saques estupros e crimes de mortes que mancham o estado do Espírito Santo.

A repercussão do caso rompe fronteiras e novamente o Brasil tem suas feridas expostas nos noticiários internacionais. Jornais como o Daily Mail e o The Guardian, da Inglaterra, destacam cenas da violência dos bandidos, gravadas por moradores capixabas e classificam a situação como “caos” na segurança pública. Outras publicações sobre o fato também foram noticiados no jornal espanhol El Pais e na imprensa australiana como o The Sidney Morning Herald e pela Associated Press no NY Times.

Enquanto a crise de segurança no estado não se resolve, estudantes continuam sem ir às aulas e moradores continuam assustados.

Sobre Piúma

piumaO Município de Piúma localizado no litoral Sul do Espírito Santo é o menor município do estado com pouco mais de 70km². São cerca de 8 km de praias que atraem milhares de turistas de diferentes lugares do Brasil na alta temporada. Com o clima tropical, amenizado pelos ventos marítimos, Piúma é cercada por quatro pequenas ilhas: do Gambá, do Meio, dos Cabritos e dos Franceses, formando belíssimas paisagens naturais.

O município é considerado o maior produtor de conchas do país, devido ao encontro de correntes marítimas quentes e frias na região favorecendo a reprodução dessa espécie. O artesanato de conchas de Piúma, inclusive, é famoso internacionalmente, movimentando a economia local.

O pescado também tem uma participação econômica importante, colocando Piúma em terceiro lugar no ranking dos maiores produtores de peixes do Espírito Santo. Além da pesca, a orla local é utilizada para a prática de mergulho, um esporte que permite a contemplação da biodiversidade marinha da região.

De origem tupi-guarani e com influência francesa, o nome Piúma tem dois significados. Uns acreditam na denominação “águas escuras”, que foi dada pela maior concentração do Estado de areias monazíticas nas praias do município. Outros dizem que Piúma é o nome de uma espécie de mosquito dos manguezais da região.

Para atender a demanda turística o Município dispõe de estrutura para hospedagem, alimentação, entretenimento e lazer e que segundo Adrien Louzada, Secretário de Administração da Prefeitura, neste carnaval deverá sofrer uma queda expressiva no faturamento por causa da onda de crimes que tem ocorrido na região.

CC BY 4.0 Insegurança nas ruas ameaça carnaval no Espírito Santo by Jornalista Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalista Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE