18 de abril, 2019

Agente da Transformação Social e Difusor do Conhecimento Científico

Lixo nas praias

Você já deve ter reparado que as praias estão sempre limpinhas pela manhã. Isso por que o trabalho dos garis na coleta é rigoroso. Agora pense na mesma praia, no final da tarde. A realidade é bem diferente, não é mesmo? Após um dia de bastante calor, areia lotada, as pessoas estão loucas pra ir embora para casa, deixando ali, todos os resíduos descartados.

Por que não mudar essa realidade? Segundo Gelma Reis, sócio-fundadora da empresa de consultoria ambiental, Ética Ambiental, o elemento mais importante é a consciência de cada pessoa, visto que o entendimento de cada um sobre a relevância desse assunto faz com que medidas sejam tomadas, ainda que modestas, como por exemplo, levar o seu próprio saco de lixos para a praia. Desta forma, não há riscos de esquecer.

Tipos de lixo encontrados nas praias

Encontramos nas areias latas de alumínio, garrafas pet, embalagens de picolé e biscoito, potinhos de açaí e muitos copos descartáveis. O pior é quando esses resíduos são alcançados pelas ondas, pois aí não há gari que resolva a situação. Quando os detritos vão para o mar, animais marinhos podem morrer por asfixia, já que muitas vezes confundem plástico com algas ou águas-vivas.

A população tem em mente que é serviço da prefeitura tratar de todo o lixo encontrado ali, quando na verdade, se não poluíssem tanto, não seria necessária a coleta. Além dessas complicações, ainda tem os espertinhos que enterram o lixo na areia e esquecem, que conforme o tempo, eles irão voltar para a superfície, machucando os banhistas ali presentes.

Aparência desagradável

Vamos concordar que a aparência que o lixo deixa não é nada boa, o mau cheiro então, nem se fala. Por mais bonita que seja a praia, os detritos provocarão um ponto negativo na hora de decidir voltar lá de novo. Isso pode diminuir a frequência do turismo na região. Nem pensar em deixar algumas latinhas de alumínio na areia achando que irá ajudar o catador de latinhas, ok? Elas podem ferir alguém que passar por ali, e o próprio pode fazer esse mesmo serviço nas lixeiras.

Esses são, em linhas gerais, os erros mais cometidos pelos banhistas nas praias. Vamos então, fazer um mutirão e começar a mudar essa realidade? Deixe o seu lixo no local apropriado. Se possível, recicle os detritos reutilizáveis. O meio ambiente agradece, e a população que já é atenta para isso também.

Texto cedido por Raphaela Aleixo.

CC BY 4.0 Lixo nas praias by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Este site possui segurança certificada SiteLock

SiteLock