20 de novembro, 2017


Pixinguinha e a Invenção de um Gênero

mpaiva_mauricio_landini

Num dos meus primeiros textos por aqui, falei sobre o Chorinho e a importância do mesmo para a música brasileira como um todo.  Também falei da importância de Pixinguinha na construção, desconstrução e reinvenção desse gênero musical tão rico.

Imaginem então a grata surpresa que foi ter a notícias da realização desse workshop, ministrado pelo competentíssimo compositor, arranjador e contrabaixista Marcos Paiva no SESC São José dos Campos, no dia 22 de janeiro.

Marcos já trabalhou com grandes nomes, como  Bibi Ferreira, Fabiana Cozza, Teresa Salgueiro (ex-Madredeus), Ná Ozzetti e Zizi Possi, entre vários outros, além de ter um belo trabalho solo e de ter sido professor no conservatório de Tatuí

Durante as duas horas e meia de duração do workshop, Marcos abordará temas como os contextos histórico, financeiro e pessoal encontrados por Pixinguinha, intercalados por trechos de músicas, executadas pelo flautista e saxofonista César Roversi e a pianista Makiko Yoneda, além do próprio Marcos Paiva.

Se você, assim como eu, gosta de boa música e se interessa por sua história, não deixe de comparecer!

Os ingressos custam R$ 0, R$ 5 ou R$ 10 de acordo com as regras do Sesc. Maiores informações no telefone do Sesc São José dos Campos

(12) 3904-2000 ou no site do SESC.

Um abraço e até lá!

 

CC BY 4.0 Pixinguinha e a Invenção de um Gênero by Renato Domingues is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Renato Domingues

Músico, tradutor e especialista em hotelaria e atendimento ao público, Renato Domingues, escreve sobre jazz, blues e rock para as colunas dos sites de Jornalismo Colaborativo como o Temporada de Inverno, Turol, Vale Jornal, Vale Publicar, Vale Chef e Vale Shimbun.

OUTRAS PUBLICAÇÕES