20 de novembro, 2017


Secretário de Conservação no Rio apelida produto de “protetor solar da ciclovia”

protetor-cicloviaA Secretaria de Conservação do Rio de Janeiro inicia na primeira semana de dezembro a recuperação de parte da ciclovia entre Barra da Tijuca e Recreio, na Zona Oeste da cidade. O trecho tem sete quilômetros, e a ação é parte da Operação Verão. A novidade é que o pedaço não será recapeado. A prefeitura vai aplicar um produto da empresa Betuseal – Selante Rejuvenescedor de Pavimentos Asfálticos – que cria uma pequena camada sobre o asfalto, eliminando fissuras e pequenas imperfeições. O material foi testado em novembro, no trecho da ciclovia na Barra, entre o G-Mar e o Quebra-mar. O secretário de Conservação, Marcus Belchior, apelidou o produto de “protetor solar da ciclovia”.

O processo de selagem do pavimento tem o objetivo de ser rápido, simples e limpo. A medida é para que a liberação do tráfego seja feita em um curto período de tempo, minimizando os impactos no trânsito causados pelas técnicas tradicionais de revestimento. Tornando os locais onde são aplicados os materiais, visualmente mais atraente, além de potencializar os efeitos da sinalização horizontal e segurança dos usuários.

CC BY 4.0 Secretário de Conservação no Rio apelida produto de “protetor solar da ciclovia” by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES