27 de junho, 2019

Agente da Transformação Social e Difusor do Conhecimento Científico

Zeitgeist

“Zeitgeist” é uma palavra alemã que significa “espírito do tempo” e tornou-se conhecida no documentário polêmico de Peter Joseph, onde a primeira parte apresenta os princípios religiosos, a partir de bases astronômicas e históricas.

O autor defende que a religião é uma ferramenta  manipuladora e que a mesma “criou” um Deus que tudo sabe e tudo o que acontece, tem como alicerce as coisas que para ele é certo e que não existem indagações. Fato este que lembra muito bem o estado Teocêntrico de Auguste Comte, em que a humanidade vê o mundo e se organiza a partir dos mitos e das crenças religiosas.

No decorrer do filme, analisamos como o autor modifica a linha de pensamento por meio de dados científicos e pesquisas. Evidentemente, acaba relacionando com outro estado muito importante de Comte: o estado Positivo, onde a humanidade procura respostas científicas e busca o conhecimento absoluto.

Podemos analisar também no filme de Joseph, um forte pensamento Darwinista, de cunho social. Pois o  fato das pessoas serem subordinadas pela igreja, também sugere um apego à inferioridade, ou seja: a partir de pessoas fanáticas, conseguimos facilmente manipular e criar sistemas políticos voltados para interesses dos mais fortes, usando Deus e a igreja como coadjuvante.

O documentário mostra a alienação que sempre existiu das pessoas através da religião e o quanto isso afeta a vida e o crescimento intelectual de uma sociedade. E diante deste movimento de defesa intelectual, o autor passa a idéia de que se continuarmos estagnados, jamais poderemos resolver os problemas políticos e sociais que afetam o mundo.

Portanto, concluímos que no próprio artigo da revista “Galileu”, Claudio Julio Tognolli intitula “Zeitgeist” como: ”É tudo verdade?”, questionando a citação que Peter Joseph fez  ao afirmar que a mitologia romana fez de Jesus Cristo, uma criação inspirada em lendas de histórias egípcias, indianas e persas, nos remete aos questionamentos que devemos fazer ao depararmos com esses tipos de “teorias”.

Afinal a ciência se difere da teoria e formaliza o conhecimento. Sendo assim, devemos saber distinguir e criticar, perante tais teorias e acontecimentos.

CC BY 4.0 Zeitgeist by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Este site possui segurança certificada SiteLock

SiteLock