18 de abril, 2019

Agente da Transformação Social e Difusor do Conhecimento Científico

Fotografias em lugares altos

 

Todo fotógrafo faz de tudo para obter um bom ângulo em suas fotos. Em algumas situações, até arriscadas. De acordo com João Salamonde, fotógrafo de casamento no RJ, fotografias são denominadas criativas através do olhar, uma boa atenção aos detalhes deixa qualquer lugar magnífico. Porém, por outro lado, é bom atentar ao diferenciado, por exemplo, um local inusitado, como o alto de um prédio. Imagine as fotos que podem ser tiradas de lá.

Exemplos reais

Essa ideia surgiu do estudante russo Marat Dupri, que uniu a sua paixão pela fotografia à paixão por lugares altos. Aos 19 anos, ele, alguns amigos e modelos desafiam a gravidade e arriscam as próprias vidas para fazer imagens do topo das mais altas estruturas da Rússia sem usar nenhum equipamento de proteção.

O começo dessa história começou no teto da própria casa. Após Dupri comprar sua primeira câmera profissional, quis fazer imagens impressionantes, e aos poucos foi passando por locais cada vez mais elevados. Foi então que após isso, ele e um amigo subiram ao topo de um prédio de 33 andares e fizeram fotografias a 120 metros do chão. Atualmente, é necessário burlar as seguranças de alguns locais para fazer imagens desse tipo.

Cuidado com os riscos

Segundo Stefano Aguiar, que faz fotos de casamentos, todo cuidado deve ser pouco. Afinal, não dá pra brincar com lugares altos, podem ser fatais. Enquanto a emoção de escalar edifícios, torres e monumentos é parte do espetáculo e são absolutamente de tirar o fôlego, para quem tem medo de altura, as paisagens são lindas apenas nas fotos. Caso você seja um daqueles que só busca a adrenalina, esteja sempre com bastante gente e itens de segurança.

Já para Rogério Von Kruger, fotógrafo de shows e eventos, com espírito aventureiro, diz que esse tipo de foto é fundamental para um bom entendedor do assunto. Pois hoje em dia, quem faz a diferença é o que vai atrás do diferente, do inusitado. Porém, todo aventureiro é bem seguro. Então, busque locais em que seja possível o acesso, sem burlar as regras, ok?

Dicas para os aventureiros

Uma boa pedida seriam locais disponíveis para caminhada, pois a maioria deles são de fácil acesso, não são restritos e dá para chamar um bom grupo para acompanhar. E o melhor, há vários picos e montanhas que são possíveis de serem acessados sem ser de escalada pesada. Uma outra alternativa, para quem não gosta de caminhadas: Aposte em prédios altos. O visual é lindo e de fácil acesso, porém, não abuse. Além de altos, não possuem proteção ao redor da cobertura.

Após receber essas dicas, você ficará doido(a) para fotografar de ambientes altos, não esquecendo é claro, dos itens de segurança. Registrar momentos de aventura ou até mesmo fazer um ensaio fotográfico inusitado fará toda a diferença.

Texto cedido por Raphaela Aleixo.

CC BY 4.0 Fotografias em lugares altos by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Este site possui segurança certificada SiteLock

SiteLock