Header ad
Header ad
Header ad
Professora de Ceará-Mirim (RN) forma equipe de alunos para a OIMC 2020
Photo Credit To Divulgação

Professora de Ceará-Mirim (RN) forma equipe de alunos para a OIMC 2020

O lançamento da Primeira Olimpíada Internacional de Matemática e do Conhecimento – OIMC 2020, despertou na professora Débora Cristina Silva Ramos o interesse em incentivar estudantes de escolas públicas na participação desse grande evento Brasil-China, organizado pelo Instituto Alpha Lumen e a Hope Cup International com inscrições abertas até 17 de setembro.

A Profª. Débora, da cidade Ceará-Mirim, no Rio Grande do Norte é uma grande entusiasta das exatas, da matemática e da participação de alunos em Olimpíadas. Ela conta que faz parte de um grupo de alunos que participam de olimpíadas, do Brasil inteiro, mas que infelizmente as escolas deles não manifestaram interesse em inscrevê-los na OIMC.

Para formar a sua Equipe, Débora começou a movimentar um grupo plural de participantes a partir do Whatsapp. Movida pela paixão por Olimpíadas do Conhecimento, ela juntou alunos de diferentes localidades e culturas.

“O primeiro aluno que tive contato foi o Kauê (BA), e ele sempre perguntava sobre a possibilidade de incluí-lo entre os alunos de minha escola para poder participar de olimpíadas, uma vez que a instituição a qual ele pertence não tinha condições de custear olimpíadas pagas. Foi a partir do Kauê que conheci os demais integrantes do grupo, visto que ele convidou um, que convidou outro, etc.”

Para que a chama pela busca incessante do conhecimento não se apagasse, a professora tomou como missão fornecer oportunidade e motivação a esses “alunos adotivos”, como ela mesma gosta de chamá-los.

A equipe, formada por estudantes da Bahia, Maranhão, Minas Gerais e Espírito Santo não terá dificuldades para aproveitar as atividades da OIMC que são totalmente virtuais. Uma das características de formato inovador adaptadas em decorrência do isolamento social gerado pela pandemia da COVID-19.

“Acredito que estar em locais bem distantes não os prejudica em nada, uma vez que a internet tem a função de uni-los de modo bastante eficaz. Alguns deles nunca se viram, mas parece até que são amigos de longas datas. Um incentiva ao outro, ensina, apóia, motiva. É emocionante, é isso que me faz perceber que valeu à pena investir em uma equipe tão plural com alunos tão especiais.” E reforça: “Todos nós gostamos do novo formado, principalmente porque dá pra todo mundo fazer em qualquer lugar. Está sendo legal, estamos estudando semanalmente, já fizeram um simulado recentemente.”

Se para a professora, participar da OIMC é uma experiência inédita, justamente por se tratar de uma olimpíada internacional com a possibilidade de uma viagem para a China para aqueles que alcançarem a melhor classificação, imagine para esses jovens estudantes da rede pública de ensino.

Veja, portanto, o que dizem os integrantes da Equipe Filhos de Πerri:

Alves Murilo“Meu nome é Murilo, tenho 14 anos, moro na Zona Rural de Ibotirama, Bahia, e estudo no Colégio Municipalizado Presidente Emílio Garrastazu Médici. Eu adoro Matemática, tenho interesse em me aprofundar cada vez mais, assim como aprimorar meu inglês, uma língua que admiro bastante. Tenho algumas premiações nestas disciplinas e espero conseguir mais. É a primeira vez que eu participo de uma Olimpíada Internacional, e… estou ansioso. Ainda mais por participar com colegas de diferentes locais, que são incríveis!”

Juliano“Me chamo Juliano,tenho 14 anos, sou mineiro e moro em Imbiruçu-Mutum, Minas Gerais. Estudo na Escola Estadual Maria Luiza Alves Vieira. Eu sou uma pessoa fascinada por matemática e olimpíadas, e minha primeira participação em olimpíadas foi em 2018 quando fui medalhista de ouro na OBMEP. Em 2019 fui medalhista de prata na OBMEP. Neste ano(2020) participarei pela primeira de uma olimpíada internacional de matemática(OIMC),e espero que eu junto com minha equipe sejamos bem sucedidos nesta olimpíada da Alpha Lumen.”

“Meu nome é Matheus, tenho 13 anos. Sou mineiro, de Conselheiro Lafaiete e estudo na Escola Doriol Beato. Sou uma pessoa fascinada por Matemática e amo participar de Olimpíadas. Já participei de algumas nacionais e tive premiações. Porém, é a primeira vez que eu participo de uma Internacional, espero que nossa equipe vá para a última fase e que eu realize meu sonho de ganhar uma medalha inédita. E quem sabe futuramente fazer uma formação acadêmica no IMPA.”

Ana Julia“Meu nome é Ana Julia, tenho 14 anos e sou de Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais. Sou uma menina que acha bem divertida as olimpíadas, mas nunca tinha participado de alguma que eu realmente quisesse fazer, sempre eram aquelas que a escola nos proporcionava. Esse ano eu comecei a participar de algumas olimpíadas, e foi então que comecei a gostar tanto. Me senti uma aluna diferenciada, sabe? Acho que as olimpíadas ajudam muito a ter uma estrutura melhor. Além disso, as olimpíadas me fazem ocupar o tempo, em época de pandemia. Gostei do estilo da OIMC da Alpha Lumen.”

Pedro Cruz“Meu nome é Pedro, tenho 14 anos, sou mineiro e moro em Conselheiro Lafaiete. Estudo na escola Eli Marques e gosto muito de participar de olimpíadas e competições.
A única olimpíada que participei foi a OBMEP, mas mesmo sem ter muito conhecimento, achei uma experiência incrível que me fascinou ainda mais pela matemática. Meu sonho é passar no Coluni e me formar em medicina futuramente.”

Gustavo Oliveira“Meu nome é Gustavo, tenho 13 anos, sou de Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais, e estudo na escola municipal Professor Doriol Beato. É a minha primeira vez participando de uma olimpíada, e agora meu sonho tornou-se ir para China e tentar ganhar a minha primeira medalha participando da OIMC – Olimpíada Internacional de Matemática e do Conhecimento da Alpha Lumen.

Kaue Silva“Eu sou Kauê, tenho 14 anos, sou de Santana-BA, tenho menção honrosa na OBMEP 2018 e 2019, medalha de bronze na VITALIS e SAPIENTIA. Sou apaixonado por impacto social e matemática, acho que com a matemática um dia iremos mudar o mundo… Creio eu que a OIMC da Alpha Lumen será uma experiência incrível!”

“Meu nome é Octávio Oscar Garcia Fraga, moro em Aracruz, uma cidade do estado do Espírito Santo. Tenho 13 anos, e por enquanto tenho uma medalha de bronze na OBMEP.
Gosto muito de matemática, alguns até me chamam de louco, mais uma coisa é certa, tô aqui pra ultrapassar minhas expectativas, não as dos outros. Nunca havia participado antes de uma olimpíada internacional, essa primeira vez vai ficar marcado na memória, já que graças a professora Débora, isso está sendo possível, e junto com outros colegas que admiro.”

Luis Patrício“Me chamo Luís Patrício, sou de Formosa da Serra Negra (MA). Tenho 15 anos e vejo nos estudos meu futuro, moro na zona rural e vejo no trabalho árduo dos meus pais mais um incentivo para continuar. As olimpíadas são grandes oportunidades que surgem em nossas vidas, nas duas vezes que participei da OBMEP fui medalhista, infelizmente nunca participei de outra olimpíada tão séria quanto a OBMEP, então vou agarrar essa oportunidade de fazer a OIMC e dar o meu melhor, além de tudo ela é uma olimpíada internacional e isso me incentiva mais ainda. Devido a pandemia ela está sendo feita em um outro formato o qual eu gostei muito porque da mais oportunidades aos alunos que não teriam tanta facilidade para participar, acredito que será uma edição inédita e espero que meu grupo possa conseguir avançar para a terceira fase e caso não consiga já ficarei muito feliz por ter participado. Agradeço ao Instituto Alpha Lumen de São José dos Campos pela oportunidade.

“Meu nome é Guilherme Antônio, tenho 15 anos. Sou Baiano, de Santana e estudo no Grupo Escolar Municipal Governador Antônio Carlos Magalhães. Sou muito encantado por Matemática, mais também gosto das outras matérias, sou louco por olimpíadas em geral. Já participei de algumas, mais nunca ganhei medalhas das 3 categorias ( bronze, prata ou ouro) vai já ganhei o certificado de bronze da USP. É a minha primeira vez em uma olimpíada Internacional, tomara que nossa equipe consiga chegar na última fase e que eu realize um dos meus sonhos que é ganhar uma medalha internacional. Um dos meus sonhos é ser doutorado em matemática, então acho que as olimpíadas pode favorecer ao meu favor, para eu realizar meu sonho.”

“Eu sou Felipe Gabriel, tenho 14 anos, nasci em Brumado (BA) e morei lá até meus 13 anos, hoje resido em Carangola-MG. Fui emergido no mundo das olimpíadas pela primeira vez no 6° ano através da OBA e da OBMEP, nesse mesmo ano veio a minha primeira conquista olímpica, que foi uma medalha de prata na OBA. A partir daí em diante esse mundo me fascinou e e eu busquei adentrar cada dia mais nessa jornada, mais premiações vieram, só que o desejo de ir mais além era constante em mim, após me mudar no início do ano de 2019, o fato de estar em uma nova escola, e a tal não ter o costume de realizar muitas olimpíadas, senti a necessidade de buscar competir por conta própria. A OIMC da Alpha Lumen é resultado disso, sendo também minha primeira internacional, junto com essa excelente equipe de jovens que se interessam e buscam cada dia mais estar imersos nessas competições de caráter tão nobre, coisa que já havia procurando a tempos, por fim tenho grandes sonhos e vejo as olimpíadas como grandes portas para alavancar minha vida acadêmica. Agradeço ao grupo e a nossa professora do Rio Grande do Norte, Debora Ramos.”

Gabriela Coimbra“Meu nome é Gabriela, moro em Conselheiro Lafaiete (MG), estudo na escola Municipal Professor Doriol Beato e atualmente possuo 13 anos. Ultimamente o mundo das olimpíadas surgiu como uma grande oportunidade para mim e o interesse na participação das mesmas aumentou, agradeço imensamente a quem me apresentou essa jornada olímpica. Estou adquirindo novos aprendizados, oportunidades, conhecendo novas pessoas e me divertindo. A OIMC Olimpíada Internacional de Matemática e do Conhecimento da Alpha Lumen realizará o sonho de muitos estudantes que se encantam com matemática e conhecimentos diversos.”

Confiante em sua equipe por superar a barreira da distância e muitos outros desafios, a Profª. Débora se orgulha de todos eles e garante que sendo bons alunos e alto nível, vieram para somar e garantir a vitória. e são realmente alunos de alto nível para concorrerem na OIMC.

“Todos são concorrentes fortes e já vêm há um bom tempo se preparando para olimpíadas, possuem premiações e são alunos destaques em suas escolas. Acredito muito no potencial de todos e, apesar da distância, acompanho de pertinho todo o empenho deles na resolução de provas anteriores e encontros virtuais para a discussão de problemas.”

Boa sorte, Filhos de Πerri!

 

OIMC Medalha Olimpíada ConhecimentoSOBRE A OIMC

O Instituto Alpha Lumen, em parceria com a organização da maior olimpíada de matemática internacional da China – Hope Cup International, promove a 1ª edição da Olimpíada OIMC. Mais de 30 milhões de estudantes já participaram ao redor do mundo da Hope Cup International.

A parceria tem o intuito de abrir a possibilidade para estudantes brasileiros de competirem nessa olimpíada internacional que possui 30 anos de tradição e envolve países de grande desempenho olímpico, além de novas descobertas, novas ideias, técnicas e conhecimentos, uma vez que a organização promoverá aulas on-line de preparação para os competidores e classificará para a etapa internacional em Pequim, na China.

A olimpíada é totalmente gratuita para estudantes de toda rede pública. A melhor equipe da escola pública receberá do Instituto Alpha Lumen, suporte com as passagens da viagem e da organização internacional com a estadia e alimentação na China.

Até a presente data (19/08), mais de 150 Equipes de 67 escolas de 25 estados já confirmaram participação. Isso corresponde a mais de 1000 estudantes inscritos com o acompanhamento de 70 professores.

 

Para mais informações, acesse: alphalumen.org.br/olimpiada-internacional-de-matematica-e-do-conhecimento

Teste também os seus conhecimentos com os Desafios OIMC 2020 e prepare-se para a Primeira Fase. Clique na imagem na abaixo e Boa Sorte!

Desafio OIMC 2020


Fonte: Instituto Alpha Lumen

CC BY 4.0 Professora de Ceará-Mirim (RN) forma equipe de alunos para a OIMC 2020 by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

Outras Publicações

SiteLock