23 de abril, 2019

Agente da Transformação Social e Difusor do Conhecimento Científico

A beleza monumental da República Socialista

Spomenik_01Estas estruturas foram encomendadas pelo ex-presidente iugoslavo Josip Broz Tito em 1960 e 70 para comemorar os locais onde as batalhas da Segunda Guerra Mundial aconteceram (como Tjentište, Kozara e Kadinjača), ou campos de concentração onde estava (como Jasenovac e NIS).

Eles foram concebidos por diferentes escultores (Dušan Dzamonja, Vojin Bakić, Miodrag Živković, Jordan e Iskra Grabul, para citar alguns) e arquitetos (Bogdan Bogdanović, Gradimir Medaković, entre outros artistas e envolvidos na produção). As imagens são impactantes e tinham como objetivo mostrar a confiança e a força de República Socialista.

Na década de 1980, estes monumentos receberam milhões de visitantes por ano, porém depois que a República dissolveu no início de 1990, eles foram completamente abandonados e seus significados simbólicos, perdidos para sempre.

De 2006 a 2009, Kempenaers visitou a região da ex-Iugoslávia (atual Croácia, Sérvia, Eslovênia, Bósnia e Herzegovina) e com a ajuda de um mapa de 1975, conseguiu localizar os monumentos e fez fotos históricas destes lugares. Suas foto levantam uma questão: Estes antigos monumentos poderiam continuar existindo como escultura?

Boa parte deles estão degradados pela falta de conservação o que reflete uma fratura histórica e social do antigo regime.

Os Monumentos:

Podgarić, Petrova Gora, Kosmaj, Tjentište, Kruševo, Kozara, Grmeč, Ilirska Bistrica, Jasenovac, Sanski Most, Niš, Košute, Korenica, Knin, Makljen, Tjentište, Kolašin, Kadinjača, Mitrovica, Brezovica, Kamenska, Ostra, Sisak, Nikšić, Sinj, Zenica

 

FONTE: WorldArchitecturemap.org

CC BY 4.0 A beleza monumental da República Socialista by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES

Este site possui segurança certificada SiteLock

SiteLock