21 de novembro, 2017


O Jornalismo Colaborativo

jornalismo-colaborativo-mercerJornalismo cidadão, democrático ou participativo fazem parte do modelo de atuação amplamente analisado em diversos níveis acadêmicos: o Jornalismo Colaborativo. A Universidade Mercer (EUA) criou o Center for Collaborative Journalism e fez parcerias com o jornal The Telegraph e a Knight Foundation – organização de interesse técnico e analítico para estudantes e profissionais da área –, com o objetivo de orientar os estudantes a criar uma nova forma de jornalismo para a era digital, com ênfase na inovação, colaboração, ensino e participação da comunidade.

Com a mudança de paradigma atribuída ao jornalismo pós-industrial na convergência das mídias digitais, o leitor deixou de ser receptor para se tornar observador, pode contar histórias e atuar como “repórter”, mesmo não sendo preparado para apurar uma informação, editar conteúdos ou gerenciar um espaço editorial. Os processos coletivos passaram a valorizar o jornalista como agente transformador da sociedade em intercâmbio com o público.

faculdade-jornalismo-colaborativo
Prédio da Faculdade de Jornalismo Colaborativo, na Georgia, Estados Unidos.

Modelos de Jornalismo Colaborativo

Jornalismo Cidadão –  Ganhou força com o crescimento de blogs e redes sociais. Os cidadãos podem participar na formação de uma reportagem, do processo de coleta, análise e/ou disseminação de notícias e informações.

Jornalismo Democrático – Livre de ‘patrocínios’ e incentivos fiscais de agências governamentais e políticas, participa ativamente do processo de formação de notícias, cujo bem maior é o interesse público de saber a verdade.

Jornalismo Participativo – Os cidadãos são ativos na sugestão e produção de pautas, com potencial de desenvolvimento e possibilidade de participar de uma narrativa e definir o direcionamento da posição do leitor.

Novo modelo pode ser o caminho mais curto para a integração social com o jornalista

“Projetos como o Liberdade sem Fronteiras promovem a iniciativa colaborativa, junto com o debate e o sentido democrático de uma notícia”, ressalta Márcio Tano, ex-aluno da FCSAC e parceiro editorial do site JornalismoColaborativo.com, rede colaborativa de pesquisadores e especialistas em áreas para jornalistas e profissionais de comunicação.

center-colaborative-journalism
Center for Collaborative Journalism na Mercer University.

Fonte: Foca em Foco, por Georges K. Ryoki e Ivan Carlos Vanzella
Fotos: Tim Regan-Porter, diretor do Center for Collaborative Journalism na Mercer University

CC BY 4.0 O Jornalismo Colaborativo by Jornalismo Colaborativo is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Sobre o Autor

Jornalismo Colaborativo

Principal site de Jornalismo Colaborativo, destaque no Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXIII / Prêmio Expocom 2016 e referência em startups de jornalismo na 300ª edição da Revista Imprensa em 2014.

OUTRAS PUBLICAÇÕES